Inscreva-se em meu canal

VEJA TAMBÉM

VEJA TAMBÉM
Vídeo RELATO DO MEU PARTO

Firmados na verdade






Hoje vamos tirar algumas lições sobre a vida de Elias nesse versículo.

Elias tinha uma missão, de trazer o povo a razão pois estavam longe de Deus e que eram governados por um rei sem temor e idólatra. A tarefa não era fácil. 1 Reis 16:30 a 33 descreve o contexto histórico: fez Acabe, filho de Onri, o que era mau aos olhos do Senhor, mais do que todos os que foram antes dele.
E sucedeu que (como se fora pouco andar nos pecados de Jeroboão, filho de Nebate) ainda tomou por mulher a Jezabel, filha de Etbaal, rei dos sidônios; e foi e serviu a Baal, e o adorou.
E levantou um altar a Baal, na casa de Baal que edificara em Samaria.
Também Acabe fez um ídolo; de modo que Acabe fez muito mais para irritar ao Senhor Deus de Israel, do que todos os reis de Israel que foram antes dele.



Acabe bateu todos os recordes de rebeldia. Não somente deu as costas a Deus, como também se opôs a Ele. Dedicou-se a idolatria e a a promoveu junto ao povo. Entretanto Elias colocou de lado o conforto e a conveniência para testemunhas em nome daquele a quem servia.

O que quero abordar aqui é o que tornava firme as convicções de Elias? Onde alguém poderia encontrar coragem para manter-se firme na fé, mesmo em uma meio a apostasia de um Rei e seu povo?

Então Elias, o tisbita, dos moradores de Gileade, disse a Acabe: Vive o SENHOR Deus de Israel, perante cuja face estou, que nestes anos nem orvalho nem chuva haverá, senão segundo a minha palavra. 1 Reis 17:1


Examinaremos 3 princípios chaves de aplicação prática em nossos dias

1-      Elias tinha certeza da realidade de Deus e de seu papel como servo.

“ Tão certo como vive o Senhor...”

Deus é vivo e Elias não tinha dúvidas a esse respeito. Basta um único homem completamente comprometido com o Senhor, imbuído daquela convicção, daquela certeza de que só Deus pode pôs no coração.

Portanto como podemos convencê-los de que Deus é vivo? Deixando a luz de Deus brilhar através de nossa vida. Ao ser transformada pelo poder de Deus, ela será uma mensagem viva a uma geração.

2-      Elias tinha certeza de que era representante de Deus

“... perante cuja face estou...”

Elias era servo.

 Deus usa pessoas comuns para alcançar  seus propósitos divinos. Esse encargo nos torna representantes pessoais do Deus vivo.

Ore: Senhor, sou apenas um instrumento para realizar teu trabalho. Usa-me para alcançar os Teus propósitos, da maneira que te aprouver.



3-      Elias tinha certeza de que o poder de Deus estava a sua disposição.

Elias era um homem de oração. O hábito de orar dava a ele a convicção absoluta da realidade e a capacidade de Deus. Assim, poderia confiar o que o Senhor faria.



Que você assim como eu possa responder estas questões em seu coração.



-Estamos convictos do poder de Deus?

-Deus é uma realidade no meu dia-a-dia?

-Eu me vejo como representante de Deus para ser usado?

-Vivo com a convicção profunda que o poder de Deus é  sempre acessível?



Que o Senhor possa falar em seu coração assim como falou comigo em relação a vida de Elias. Ore ao Senhor para que sejamos convictos da realidade de Deus, de que somos servos e que quando estamos no centro da vontade de Deus e temos comunhão com Ele, o Senhor é poderoso pra nos usar!!!!!!

baseado no livro Aprenda a mentorear de Howarde Hendricks





Deus te abençoe

Jackeline Jor







0 comentários:

Postar um comentário

ANUNCIANTES

Tecnologia do Blogger.
Blogger Template Mais Template - Author: Papo De Garota